Tag Archives: Filhote

Dakota

13 jun

Era uma vez um lindo filhotinho cinza de olhos azuis, é, era uma vez…

05052009220

E fez se um monstro! Continua crescendo…

A Família (canina) cresce!

6 nov

Não sou o tipo de pessoa que concorda com opiniões unânimes, não costumo pré julgar nada nem ninguém principalmente com base em cor sexo ou condição social, também não sou do tipo que repete ditados como se fossem verdades absolutas, porém outro dia caminhando na rua com o marido vimos um cachorro muito estranho e engraçado, aqueles vira-latas de carteirinha mesmo, saímos rindo do estilo do bicho e comentando que além das crianças os cães também são seres muito, muito engraçados, foi quando tive que dar meu braço à torcer para a máxima que diz: desconfie de quem não gosta de cachorros.

Amo animais de todos os tipos, mas tenho uma queda muito grande para os cachorros, grandes, pequenos, de raça ou não, sou do tipo que se deixar cata tudo e leva para casa e quando levo não dou, não vendo, não empresto, tanto que desde que a Samantha me deu a Lua (minha cocker) ela não cruzou porque não terei coragem de vender os filhotes, acho que mais do que qualquer ser-humanos os cães são fiéis e leais até o fim, te dão amor e carinho sem esperar absolutamente nada, te defendem sem nem te perguntar se vc estava mesmo certo, te amam incondicionalmente até o fim, admiro muito esse comportamente e muitas vezes prefiro a presença de um cachorrinho sarnentinho da rua do que de muita gente por aí.

Então vocês devem estar se perguntando: Porque tanta lenga lenga? E aí eu respondo com outra historinha. Desde que nos casamosqueríamos um cachorro, tenho uma certa preferência por raças grande pois são menos barulhentos e mais independentes, ensaiamos várias adoções ou comprar mas sempre por um motivo ou outro acabávamos adiando, até que ganhamos a Lua e desistimos de outro, ela veio já adulta e não é exatamente o tipo que compraríamos mas ficamos satisfeitos com a personalidade e as características dela, é linda, querida e bagunceira, quase uma pessoa, rsrs e aí se vão 4 anos com nossa garota em casa e apesar de não falarmos mais de comprar não havíamso desistido por completo de um animal de porte maior, só precisávamos de espaço e grana, não exatamente na mesma ordem.

Há um certo tempo estávamos sondando algumas raças e pensando em comprar um filhote, cogitamos outro cocker ou um beagle por conta do espaço que tempos no quintal, mas aí chegamos ao consenso de que se não era pra ter exatamente o que desejávamos melhor não ter, adiamos novamente, pensávamos em um cachorro grande e diferente, nada de labradores ou golden retrivers da vida, as raças a que pendemos eram mais digamos exóticas, dálmata, doberman ou um Weimaraner, esse último quase impossível pois nunca vimos nenhum aqui na cidade ou mesmo em Curitiba, eu estava há muito tempo procurando classificados e não achava nada de nenhum deles, vez ou outra um doberman mas não estávamos certos da decisão até que semana passada vi um anúncio de filhotes de Weimaraner em Curitiba, não tinha data mas decidi responder ao anúncio pelo menos para manter contato com a criadora e não é que ela me respondeu, estava feita a encrenca.

Foram vários emails trocados, negociação, impasse, desistência, dúvidas, fotos, até que hoje pela manhã finalmente trouxe para casa a mais nova moradora:

05112008044

Ela é linda, tem todos os requisitos da raça, a cor maravilhosa, o temperamento amoroso e os olhos mais expressivos que já vi, ainda está bem chorona e apreensiva, a Lua não gostou muito de ganhar uma irmã e sempre que pode dá um safanão na pequena que morre de medo, o que não a impediu de tomar posse da casa da mais velha que até entregarem a nova casa está oficialmente sem teto!

Agora me digam, quem não gosta de uma coisa linda dessas é normal?