Tag Archives: Relacionamento

Acredito

24 set

Eu acredito no amor.

Eu acredito no amor verdadeiro e para toda a vida, no amor romântico entre homem e mulher, acredito em gestos e pequenas atitudes, acredito em concessões e no poder de mudança que o amor exerce nas pessoas, eu ainda acredito nas pessoas, na boa vontade e no respeito.

Eu acredito em sexo com amor, em carinho, em preliminares, acredito que fazer amor é melhor do que simplesmente fazer sexo, acredito na cumplicidade e na intimidade, eu acredito em fidelidade.

Eu acredito no casamento, na família, em envelhecer ao lado de quem se ama, acredito no poder de uma boa conversa, na inteligência e no caráter acima da aparência física, mas acima disso tudo acredito no amor.

Contradições

22 ago

Eu sou uma pessoa com sentimentos ambíguos (afinal sou humana), volta e meia percebo o quanto sou capaz de ser contraditória, aceitar e rejeitar, ter segurança e ser insegura ao mesmo tempo, coisa de maluco.

Um exemplo dessa contradição é minha relação com o ciúme, a insegurança e a confiança, sou uma pessoa insegura por natureza daquelas que em qualquer relação seja amorosa ou de amizade sempre tem aquela necessidade de saber o que o outro sente, se está sendo correspondida, sempre com medo de no dia seguinte a melhor amiga ou o namorado simplesmente deixar de gostar, também tenho bastante ciúme de tudo  o que é meu e claro também das pessoas que amo, nada doentio mas não me sinto bem quando alguém joga charme pro meu marido, quando as minhas amigas têm outras amigas ou quando minha mãe só dá atenção pra minhas irmãs, acho que se for medir a insegurança é bem maior que o ciúme, porém sou uma pessoa que confia, embora insegura não fico neurótica com medo de ser apunhalada pelas costas.

No meu casamento não é diferente do resto, sou extremamente insegura, um pouco ciumenta, mas confio plenamente no homem que chamo de meu, detesto ficar longe dele, não suporto mulheres o tratando com intimidade e fico triste quando ele dá atenção a qualquer pessoa ou objeto inanimado ao invés de mim, volta e meia me pego perguntando se ele me ama, se é para sempre, se gostou disso ou daquilo, mas sinceramente não consigo desconfiar dele, tenho total consciência de que se um dia ele tiver que ir embora ele irá, que se tiver vontade-oportunidade pode sim me trair, porém eu confio no caráter dele, não acredito na fidelidade e sim na honestidade, não é uma questão de achar que nunca vai fazer, é uma questão de acreditar em um jogo limpo, em um relacionamento sincero e uma pessoa de boa índole.

Sabe quando você é honesto e verdadeiro com uma pessoa e sente que é recíproco? Que divide as coisas, as pessoas com que se relaciona, que pergunta a opinião, que conta o que aconteceu e isso é uma via de mão dupla? Então, aqui em casa é assim, existe uma cumplicidade que me faz acreditar que mesmo que um dia a coisa esfrie quem não estiver legal vai chegar e abrir o jogo, quem me conhece dos blogs antigos sabe que até já rolou algo do tipo e houve honestidade, houve conversa e respeito e é nisso que baseio todas as minhas relações, no respeito, embora em algumas delas não seja assim tão recíproco, embora algumas vezes eu já tenha caído do cavalo e já tenha me decepcionado sou do tipo que acredita que é dando que se recebe (ui!) e que é preciso respeitar pra ser respeitado, acho que é por isso que consegui atrair para a minha cama o meu lado uma pessoa que preenche tão bem esses requisitos e que me faz conseguir até admirar mais o seu caráter e sua honestidade do que amá-lo, se é que isso é possível!